• Autor Herman Van Rompuy
  • Ilustrador
  • Coleção Política
  • ISBN 9789896682378
  • PVP 15,98 € (IVA incluído)
  • preço livre
  • 1ª Edição maio de 2014
  • Edição atual
  • Páginas 224
  • Apresentação Capa mole
  • Dimensões 150 x 230 x 14 mm
  • Idade

Em 2009 Herman Van Rompuy foi eleito Presidente do Conselho Europeu. Agora, no fim do segundo mandato, e com base na sua experiência enquanto um dos protagonistas e principais decisores políticos da União Europeia, apresenta um testemunho fundamental e sem restrições sobre a recuperação financeira da Zona Euro, as políticas de austeridade que vivemos nos últimos cinco anos e o passado e futuro da Europa. 

Durante o seu mandato enquanto «presidente da Europa», Van Rompuy investiu grande parte do seu tempo em lidar com os efeitos da grave crise financeira que ameaçou a estabilidade da Zona Euro e a moeda comum. 

Neste livro, o autor explica como os líderes europeus mantiveram a coesão da União Europeia no momento da verdade e, nas suas palavras, salvaram o euro e as economias dos países mais afetados, como Portugal, evitando o colapso e a desintegração do projeto europeu. O livro analisa ainda o papel da Europa num mundo em mudança constante, examinando as expetativas, experiências e desilusões dos cidadãos. 

A Europa na Tempestade é uma descrição única e notável dos corredores do poder político na Europa, essencial para compreender o impacto das decisões políticas tomadas a nível europeu nas vidas e na economia dos portugueses.


Do Prefácio, por Pedro Passos Coelho

«Nos desafios, atribulações e vitórias, Van Rompuy demonstrou estar à altura das suas responsabilidades. Como negociador experiente e incansável esteve sempre disponível para conciliar posições e evitar ruturas. Foi uma figura inestimável no processo negocial do Quadro Financeiro Plurianual 2014-2020, na preparação do Tratado sobre Estabilidade, Coordenação e Governação (dito Tratado Orçamental) e do Pacto para o Crescimento e o Emprego, e mais recentemente no acordo para a União Bancária  o assunto mais urgente, como Van Rompuy reconhece nestas páginas e Portugal sempre defendeu.» - Do Prefácio, por Pedro Passos Coelho

Herman Van Rompuy foi o primeiro Presidente do Conselho Europeu, eleito em novembro de 2009. Assumiu o cargo quando o Tratado de Lisboa entrou em vigor, a 1 de dezembro de 2009. Em 2012, foi reeleito para um segundo mandato, que termina a 30 de novembro de 2014. 

Aquando da sua primeira eleição, Van Rompuy era primeiro-ministro da Bélgica. Antes, assumira vários cargos governamentais, incluindo os de vice-primeiro-ministro e ministro do Orçamento (1993–1999), ministro de Estado (2004) e secretário de estado das Finanças e Pequenas Empresas (1988). 

Antigo economista no Banco Nacional da Bélgica, Herman Van Rompuy começou a sua carreira política em 1973 enquanto vice-presidente nacional do conselho jovem do Christian Democratic and Flemish, um dos partidos democratas-cristãos belgas. Teve várias responsabilidades no seu partido e no parlamento belga, enquanto senador (1988–1995) e membro do parlamento (1995–2009).