• Autor Oliver Stone e Peter Kuznick
  • Ilustrador
  • Coleção História
  • ISBN 9789898086907
  • PVP 19,99 € (IVA incluído)
  • preço livre
  • 1ª Edição setembro de 2015
  • Edição atual
  • Páginas 368
  • Apresentação capa mole
  • Dimensões 150 x 230 x 24 mm
  • Idade

O chamado excecionalismo americano, que atribui aos Estados Unidos caraterísticas únicas entre as nações, continua a moldar a visão que os norte-americanos têm do papel do seu país no mundo e a forma como o mundo interpreta as ações dos norte-americanos.

Mas os factos revelam uma outra verdade, como Oliver Stone e Peter Kuznick contam nesta obra fundamental sobre as luzes e as sombras do império americano. Munidos das mais recentes descobertas obtidas em documentos desclassificados e da investigação de académicos prestigiados, os autores revelam a história escondida dos EUA, por vezes chocante, mas meticulosamente documentada. Stone e Kuznick mostram, por exemplo, que:

  • Os bombardeamentos atómicos de Hiroxima e Nagasaki foram militarmente desnecessários e moralmente indefensáveis.
  • Foram os EUA, e não a União Soviética, que mais contribuíram para a perpetuação da Guerra Fria.
  • A preferência dos EUA por ditadores de direita em muitos países traduziu-se pelo afastamento do poder de líderes eleitos, pelo treino e armamento de milícias assassinas, e ainda pelo lançamento na pobreza de milhões de pessoas.
  • Fundamentalistas islâmicos financiados pelos EUA, que começaram por combater os soviéticos no Afeganistão, vieram depois ameaçar os interesses dos americanos e dos seus aliados.
  • Os EUA usaram repetidamente o argumento da ameaça de uma guerra nuclear e estiveram muito perto de a gerar.

Abrangendo um período de mais de um século da história mundial, este é um documento histórico singular que resulta de uma profunda e rigorosa investigação de cinco anos, revelando toda a verdade sobre os meandros do imperialismo norte-americano.

Oliver Stone é o aclamado realizador de filmes célebres como Platoon, Wall Street, Nascido a 4 de Julho, JFK, Assassinos Natos, World Trade Center e W., entre muitos outros. Venceu três Óscares, dos quais dois de Melhor Realizador. Combateu na Guerra do Vietname, tendo sido condecorado por bravura. 

Peter Kuznick é professor de História e diretor do Instituto de Estudos Nucleares da American University. Escreveu livros sobre Ciência e Política, destacando-se pela sua oposição à guerra e à utilização da energia nuclear, falando pública e regularmente sobre estes temas.