As receitas originais, os segredos e as histórias por detrás dos pratos mais genuinamente portugueses.

 

Em 2015, a chef Justa Nobre e a gastrónoma Fátima Moura viajaram até ao frio da Noruega para conhecer melhor a história da maior referência da nossa gastronomia, o bacalhau. Encontraram as raízes de muitos dos pratos que há anos são apreciados pelas famílias portuguesas. Daqui nasceu a ideia de investigar e saber mais sobre outros pilares da história da cozinha de Portugal. 

Através das receitas mais tradicionais e de variantes modernas desses pratos, em Semear Sabor, Colher Memórias viajamos das origens nórdicas do bacalhau até às misteriosas cataplanas algarvias, assistimos ao surgimento das nossas cervejas e cervejarias, e conhecemos a tradição dos pastéis. 

Em cada capítulo, a meticulosa investigação de Fátima Moura revela as histórias, os segredos, os costumes e as receitas originais dos pratos mais genuinamente portugueses, e a chef Justa Nobre recria essas receitas intemporais, ensina a sua correta confeção e assina novos pratos para cada um dos temas, num total de 60 deliciosas receitas. 

Fotografias de Mário Cerdeira, um dos maiores especialistas em fotografia gastronómica do país, e prefácio de Francisco José Viegas.

Justa Nobre começou a cozinhar profissionalmente aos 21 anos. Desde então, tornou-se uma referência da cozinha portuguesa, tradicional e de autor, e grande defensora da culinária e dos produtos transmontanos. Presença assídua na televisão e na imprensa, escreveu o livro Justa Nobre, Paixão pela Cozinha (ed. 100% Editores), cujo título reflete a maneira de viver a sua profissão. Tem também várias participações noutros livros de culinária de referência. 

 

Fátima Moura é escritora na área da gastronomia, dedicando-se sobretudo à investigação dos produtos portugueses, tendo já publicados diversos livros nesta área. Escreve também para revistas e tem um blogue, Conversas à Mesa, sobre temas ligados à gastronomia. Em 2015, foi jurada do programa de culinária Cook Off, Duelo de Sabores, na RTP1.

 

Mário Cerdeira já fotografou para revistas, agências de comunicação, editoras, instituições públicas e grandes marcas comerciais. Em 1999, especializou-se em fotografia alimentar e criou a 100% Foto, empresa dedicada à fotografia profissional. Editou inúmeros livros de gastronomia de alguns dos maiores chefs de cozinha a trabalhar em Portugal, destacando-se como um dos maiores especialistas em fotografia gastronómica do país. Em 2009, foi distinguido pela Federation of European Photographers na categoria de Advertising Food.