• Autor Forrest Bryant Johnson
  • Ilustrador
  • Coleção Memórias
  • ISBN 9789896684570
  • PVP 16,59 € (IVA incluído)
  • preço fixo até fim de novembro de 2019
  • 1ª Edição junho de 2018
  • Edição atual 1.ª
  • Páginas 256
  • Apresentação capa mole
  • Dimensões 150x230x16,5 mm
  • Idade

À Venda a 18 de junho

«Comovente e ternurenta, esta história tocou o meu coração. Uma leitura obrigatória para todos os amantes de animais.» Rachel Wells, autora de Alfie: O Gato do Bairro

Forrest Bryant Johnson sempre apreciou a tranquilidade e beleza do deserto de Mojave, que percorria com frequência. Mas, num dia de verão de 1987, a paz foi quebrada por gemidos de aflição. Ao investigar a sua origem, encontrou um gatinho ferido, que se apressou a levar a um veterinário.

Informado de que a pequena cria era, afinal, um lince-vermelho, Forrest decidiu mesmo assim cuidar dela. Uma noite transformou-se em duas, depois numa semana e, por fim, em 19 anos. E foi assim que Trooper se tornou parte da família Johnson.

Nesses 19 anos, Trooper tirou o máximo proveito das suas nove vidas: explorou a fauna e a flora do deserto, travou amizade com raposas, lebres e tartarugas, e até adotou um gatinho, que ensinou e protegeu.

Apesar de ter nascido selvagem, e de ter vivido em total liberdade, Trooper escolheu sempre ficar com o seu amigo humano.

Um livro comovente para todos aqueles que já deram o seu coração a um animal de estimação.

Forrest Bryant Johnson nasceu em Louisville, Kentucky, em 1935. Impossibilitado de seguir Medicina, por não ter nem as notas nem a capacidade financeira, licenciou-se em Psicologia e em Química. Em 1960, alistou-se no Exército, onde cumpriu nove anos de serviço.

Apaixonado pela vida ao ar livre e por História, participou em expedições aos pântanos do norte do Minnesota para determinar a veracidade de relatos sobre um macaco que andaria pelo deserto. O artigo que publicou sobre a expedição no Tribune foi tão bem recebido pelos leitores, que deu origem ao livro The Strange Case of Big Harry, publicado em 1972.

Estabeleceu-se nos arredores de Las Vegas na década de 1980, onde conheceu a segunda mulher, a cantora japonesa Chiaki Keiko. Juntos, abriram uma loja de recordações e criaram visitas guiadas ao deserto de Mojave. Casados há 25 anos, desfrutam da companhia dos seus três gatos, Maninho, Dotcom e BB.

Saiba mais sobre o autor:
www.forrestbryantjohnson.com